Laparoscopia (com vídeo)

A laparosocopia é uma técnica minimamente invasiva que permite a visualização das estruturas internas da cavidade abdominal, sob anestesia geral. O abdómen é primeiro distendido com gás e depois são realizados dois pequenos orifícios na parede abdominal através dos quais são introduzidos  num, um  instrumento cirúrgico e no outro, um telescópio rígido (laparoscópio) para avaliar os órgãos da cavidade peritoneal. Este procedimento é relativamente simples de efectuar e é considerado seguro, tendo poucas complicações.

O diagnóstico por laparoscopia é utilizado como método para obter biopsias de fígado, pâncreas, rim, baço, intestino e tumores. A laparoscopia é também usada em oncologia para diagnosticar o estadio e a extensão da malignidade de tumores primários ou metástases, ou ainda para diagnosticar causas de efusão abdominal.



A cirurgia por laparoscopia apresenta vantagens em relação a uma cirurgia convencional como recuperação mais rápida, menor propabilidade de infecção e menor dor pós-operatória. As técnicas cirúrgicas mais comuns efectuadas por laparoscopia incluem, remoção de testículo intra-abdominal,  castração de cães, ovariohisterectomia e gastropexia profiláctica.



  • A gastropexia preventiva é recomendada nos animais com elevado risco de desenvolverem torções gástricas, ou seja, todos os cães de raças de grande porte. Esta técnica consiste na fixação de uma região do estômago (antro pilórico) na parede abdominal permitindo assim a estabilização do mesmo e impedindo a sua torção.

 
design binário